Arquivo da categoria ‘Informações’

Atenção galerinha que fica tomando remédios sem recomendação médica, prestem muita atenção, eu vi esse post no site da Revista Superinteressante e resolvi compartilhar com vocês.

Remédios são coisa séria e devem ser tomados sempre, SEMPRE, com acompanhamento médico. Às vezes a tentação é muito grande quando aparece uma pílula mágica que, supostamente, pode resolver todos os seus problemas. É o caso do Victoza, um medicamento para diabetes que virou rockstar quando médicos e pacientes viram que ele faz emagrecer muitos quilos em pouco tempo – sem exercícios físicos e, aparentemente, sem efeitos colaterais. Mas cuidado! Substâncias que podem ajudar a melhorar uma parte do organismo muitas vezes podem prejudicar outras – e aí, o acompanhamento profissional é fundamental para checar se o seu corpo pode suportar tal substância, qual será a dosagem, o tempo de uso, se é preciso tomar medicamentos para amenizar os efeitos de outro…

Não existem milagres. Muito cuidado com essas promessas de melhora instantânea, elas podem vir com consequências nem sempre reversíveis (como alguns dos efeitos colaterais dos remédios abaixo).

1. Xenical
Utilizado para auxiliar na perda de peso, tem efeitos colaterais bizarros – e que acontecem com a maioria das pessoas que o utilizam. Nojeiras como “flatulências com perdas oleosas” e “incontinência fecal” são comuns e consideradas efeitos “positivos”, pois significam que a gordura está sendo eliminada do corpo.

2. Mirapexin / Sifról
O tratamento contra o Mal de Parkinson pode ser feito com este medicamento que pode levar à amnésia. Ainda que seja um efeito colateral raro, ele não deve ser descartado! Outras reações, “mais leves”, podem ser convulsões, alucinações, tontura e uma vontade incomum de apostar (que não deve ser confundida com aquele sentimento de sorte que dá na gente quando jogamos na Mega Sena acumulada).

3. Propecia
Indicado contra queda de cabelo, este medicamento pode levar à ginecomastia, ou crescimento de mamas. Mas não ache que ele vai fazer a sua namorada ficar mais gostosa. Este efeito colateral ocorre apenas entre os homens.

4. Enalapril
Hipertensão e insuficiência cardíaca podem ser tratadas com este remédio que pode causar alterações no paladar, zumbido nos ouvidos, ginecomastia (como o Sifról, acima) e disfunção sexual.

5. Plavix
Previne o organismo contra ataques do coração e derrames cerebrais, MAS pode causar hemorragia interna (no estômago, intestinos ou no cérebro), além de insônia e conjuntivite (?).

6. Levaquin
Utilizado no tratamento de alguns tipos de infecção bacteriana, mas pode te transformar em um vampiro – só que sem a parte legal de ter força sobre-humana, ser rápido, lindo, imortal e se alimentar de sangue (ok, essa última parte nem é tão legal). O Levaquin pode levar à fototoxidade – ou seja, causar queimaduras de segundo grau à pele quando exposta ao sol.

7. Champix
Pare de fumar com o auxílio deste remédio e tenha ideias suicidas. Sério. Outro efeito colateral é, claro, o suicídio.

8. Roacutan
Tido como o salvador de vidas dos adolescentes com espinhas, este medicamento é muito do mal, ainda que seja ótimo tratamento contra acne. Entre os efeitos colaterais estão um tipo de pseudotumor cerebral, convulsões, depressão, tentativa de suicídio e suicídio – e estamos falando apenas dos efeitos de ordem cerebral! A lista de reações adversas do Roacutan enche páginas e páginas da bula. (Eu já tomei esse remédio – me livrei da acne e não cometi suicídio. Sou uma sobrevivente?)

9. Celebra
Os medicamentos contra artrite e osteoporose passam por duas vertentes. Ou eles acabam com o seu fígado ou com seus rins. Tomando o Celebra, é possível ter trombose, derrame cerebral, insuficiência renal e cardíaca. Ou seja: ele pode te matar.

10. Avandia
Esta droga utilizada no tratamento de diabetes tipo 2 pode causar, atenção, gravidez! Mas só entre as mulheres, ok? Risos. É que ele pode provocar o reinício da ovulação. Ou seja, faz com que a mulher libere um óvulo fora do ciclo menstrual normal dela. Outros efeitos colaterais são: danos cardiovasculares e acidentes vasculares cerebrais. Por causa dessas reações-mais-que-adversas, o medicamento foi suspenso pela Anvisa no fim de setembro.

Eu não sei se essa carta é verdadeira, se realmente foi enviada para o Renato Aragão, mas uma coisa é certa, a pessoa que a escreveu, na minha opinião está totalmente certa, não sou contra quem faz doação, acho uma coisa bacana e bonita, mas você não precisa de um Criança Esperança para fazer doação, pode doar a algum instituição de caridade diretamente, vá um orfanato ou asilo e faça a doação diretamente lá, porque na verdade o que você doa para o Criança Esperança, é na verdade para pagar os impostos da Rede Globo.

O porque isso? Quando você faz uma doação ao Criança Esperança, essa doação não pode ser deduzida do seu imposto de renda, isso é anunciado pela Rede Globo, porque você não pode reduzir do seu Imposto de Renda? Porque a marca Criança Esperança não é uma Instituição como a Unicef por exemplo, já quando a Globo dá o dinheiro que você doou para a Unicef, a Unicef emite um recibo para a Rede Globo com o valor doado para ser abatido do Imposto de Renda, logo o seu dinheiro está ajudando a Rede Globo a ter abatimento do seu Imposto de Renda. Agora vamos a carta.

Carta aberta a Eliane Sinhasique (Jornalista e Publicitária) para Renato Aragão (o Didi da Rede Globo)

Querido Didi,
Há alguns meses você vem me escrevendo pedindo uma doação mensal para enfrentar alguns problemas que comprometem o presente e o futuro de muitas crianças brasileiras. Eu não respondi aos seus apelos (apesar de ter gostado do lápis e das etiquetas com meu nome para colar nas correspondências) ……….

Achei que as cartas não deveriam ser endereçadas a mim. Agora, novamente, você me escreve preocupado por eu não ter atendido às suas solicitações.

Diante de sua insistência, me senti na obrigação de parar tudo e escrever uma resposta.

Não foi por ” algum motivo ” que não fiz a doação em dinheiro solicitada por você. São vários os motivos que me levam a não participar de sua campanha altruísta (se eu quisesse poderia escrever umas dez páginas sobre esses motivos).

Você diz, em sua última carta, que enquanto eu a estivesse lendo, uma criança estaria perdendo a chance de se desenvolver e aprender pela falta de investimentos em sua formação !

Didi, não tente me fazer sentir culpada. Essa jogada publicitária eu conheço muito bem. Êsse tipo de texto apelativo pode funcionar com muitas pessoas mas, comigo não.

Eu não sou ministra da educação. Não ordeno e nem priorizo as despesas das escolas e nem posso obrigar o filho do vizinho a freqüentar as salas de aula.

A minha parte eu já venho fazendo desde os 11 anos de idade, quando comecei a trabalhar na roça para ajudar meus pais no sustento da família.

Trabalhei muito e, te garanto, TRABALHO NÃO MATA NINGUEM ! Muito pelo contrário, faz bem !
Estudei na escola da zona rural, fiz Supletivo, estudei à distância e muito antes de ser jornalista e publicitária eu já era uma micro- empresária.

Didi, talvez você não tenha noção do quanto o GOVERNO FEDERAL tira do nosso suor para manter a saúde, a educação, a segurança e tudo o mais que o povo brasileiro precisa.

Os impostos são muito altos ! Sem falar dos Impostos embutidos em cada alimento e em cada produto ou serviço que preciso comprar para o sustento e sobrevivência da minha família.

Eu pago pela educação duas vezes : pago pela educação na escola pública, através dos impostos, e na escola particular, mensalmente, PORQUE SOMENTE A ESCOLA PÚBLICA NÃO ATENDE COM ENSINO DE QUALIDADE QUE, ACREDITO, MEUS DOIS FILHOS MERECEM !!!

Não acho louvável recorrer à sociedade para resolver um problema que nem deveria existir, pelo volume de dinheiro arrecadado em nome da educação e de tantos outros problemas sociais !

O que está acontecendo, meu caro Didi, é que os administradores dessa dinheirama toda não veêm a educação como prioridade !

PARA ÊLES, A EDUCAÇÃO LHES RETIRA A SUBSERVIÊNCIA E ÊSSE FATO, POR SI SÓ, NÃO INTERESSA AOS POLÍTICOS QUE ESTÃO NO PODER. POR ISSO, O DINHEIRO ESTÁ SAINDO PELO RALO; ESTÃO JOGANDO FORA , OU APLICANDO MUITO MAL !!!

Para você ter uma idéia, na minha cidade cada alimentação de um presidiário custa para os cofres públicos R$ 8,82 (oito reais e oitenta e dois centavos), enquanto que a merenda de uma criança na escola pública custa R$ 0,20 (vinte centavos) !!! O governo precisa rever suas prioridades, você não concorda ? Você pode ajudar a mudar isso ! Não acha ?

Você diz em sua carta que não dá para aceitar que um brasileiro se torne adulto sem compreender um texto simples ou conseguir fazer uma conta de matemática. Concordo com você !

É por isso que sua carta não deveria ser endereçada à minha pessoa. Deveria ser endereçada a Presidente da República !!!

Ela é ” a cara ” !!! Ela é quem tem a chave do cofre e a vontade política para aplicar os recursos !

Eu e mais milhares de pessoas só colocamos o dinheiro lá para que eles façam o que for correto e necessário para melhorar a qualidade de vida das pessoas do país, sem nenhum tipo de distinção ou discriminação. MAS, NÃO É O QUE ACONTECE !!!

No último parágrafo da sua carta, você joga, mais uma vez, a responsabilidade para cima de mim, dizendo que as crianças precisam da “minha doação” e que a “minha doação” faz toda a diferença…

Lamento discordar de você, Didi !!! Com o valor da doação mínima de R$ 15,00(quinze reais) eu posso comprar 12 quilos de arroz para alimentar minha família por um mês, ou posso comprar pão para o café da manhã para 10 dias….. !!!

Didi, você pode até me chamar de muquirana, não me importo, mas, R$ 15,00(quinze reais) eu não vou doar! Minha doação mensal já é muito grande. Se você não sabe, eu faço doações mensais de 27,5% de tudo o que ganho !!!

Isso significa que o governo leva mais de um terço de tudo que eu recebo e posso te garantir que essa grana, se ficasse comigo, seria muito melhor aplicada na qualidade de vida da minha família !

Você sabia que para pagar os impostos eu tenho que dizer NÃO para quase tudo que meus filhos querem ou precisam ? Meu filho de 12 anos quer praticar tênis e eu não posso pagar as aulas que são caras demais para nosso padrão de vida. Você acha isso justo ? Acredito que não. Você é um homem de bom-senso e saberá entender os meus motivos para não colaborar com sua campanha pela educação brasileira.

Outra coisa Didi, MANDE UMA CARTA PARA A PRESIDENTE “DILMA” pedindo para ela selecionar melhor os ministros e também os professores das escolas públicas ! Só escolher quem, de fato, tem vocação para ser ministro e para o ensino.

Melhorar os salários daqueles profissionais também funciona para que êles tomem gosto pela profissão e vistam, de fato, a camisa da educação ! Peça para Ela, também, fazer escolas de horário integral, escolas em que as crianças possam, além de ler, escrever e fazer contas, possam desenvolver dons artísticos, esportivos e habilidades profissionais. Dinheiro para isso está sobrando sim ! Diga para Ela priorizar a educação e utilizar melhor os recursos.

Bem, você assina suas cartas com o pomposo título de Embaixador Especial do Unicef para Crianças Brasileiras e eu vou me despedindo assinando… Eliane Sinhasique – Mantenedora Principal dos Dois Filhos que Pari !!!

P.S.: Não me mande outra carta pedindo dinheiro. Se você mandar, serei obrigada a ser mal-educada: vou rasgá-la antes de abrir.

Malz, o sumiço galera, estive atarefada com algumas milhões de coisas, mas reparei que tem gente que ainda acha o fórum e talz, então vou tentar voltar de vez, já que eu agora estou menos ocupada. Então vou tentar aos poucos pegar o mesmo ritmo de antes.

Todo dia 25 de maio é celebrado mundialmente o Dia da Toalha em homenagem a Douglas Adams, o megaboga autor da saga Guia do Mochileiro das Galáxias.

É bem sabido que todo mochileiro interestelar pode esquecer qualquer coisa, menos a sua toalha. O Guia diz:

“A toalha é um dos objetos mais úteis para um mochileiro interestelar. Em parte devido a seu valor prático: você pode usar a toalha como agasalho quando atravessar as frias luas de Beta de Jagla; pode deitar-se sobre ela nas reluzentes praias de areia marmórea de Santragino V, respirando os inebriantes vapores marítimos; você pode dormir debaixo dela sob as estrelas que brilham avermelhadas no mundo desértico de Kakrafoon;

Pode usá-la como vela para descer numa minijangada as águas lentas do rio Moth;

Pode umedecê-la e utilizá-la para lutar em combate corpo a corpo; enrolá-la em torno da cabeça para proteger-se de emanações tóxicas ou para evitar o olhar da Terrível Besta Voraz de Traal (um animal estonteantemente burro, que acha que, se você não pode vê-lo, ele também não pode ver você – estúpido feito uma anta, mas muito, muito voraz);

Você pode agitar a toalha em situações de emergência para pedir socorro;

E naturalmente pode usá-la para enxugar-se com ela se ainda estiver razoavelmente limpa.

Porém o mais importante é o imenso valor psicológico da toalha. Por algum motivo, quando um estrito (isto é, um não-mochileiro) descobre que um mochileiro tem uma toalha, ele automaticamente conclui que ele tem também escova de dentes, esponja, sabonete, lata de biscoitos, garrafinha de aguardente, bússola, mapa, barbante, repelente, capa de chuva, traje espacial, etc., etc.

Além disso, o estrito terá prazer em emprestar ao mochileiro qualquer um desses objetos, ou muitos outros, que o mochileiro por acaso tenha “acidentalmente perdido”. O que o estrito vai pensar é que, se um sujeito é capaz de rodar por toda a Galáxia, acampar, pedir carona, lutar contra terríveis obstáculos, dar a volta por cima e ainda assim saber onde está sua toalha, esse sujeito claramente merece respeito.”

Por esse motivo o dia 25 de Maio é considerado também como o Dia do Orgulho Nerd, uma forma de comemoração é levar a sua toalha para todo lugar que você for hoje, bem, eu já separei a minha, se tiver separado a sua também, mande foto para o blog.

Fonte: Parte do texto, a maior parte na verdade tirado do blog

Estive meio ausente essa semana mas é que estava pegando duro no trabalho, na verdade eu to a semanas pegando pesado no trabalho e isso me ocasionou um inicio de tendinite, sério, dá para perceber o tendão inchado, mas como não quero ficar em casa de gesso, eu não fui ao médico, para melhor to evitando digitar muito fora do trabalho.

Desculpas dadas agora vamos a um texto que eu vi a muito tempo e que fala sobre como se inicia um paradigma, acho bem legal todos nós refletirmos sobre isso.

Um grupo de cientistas colocou cinco macacos dentro de uma jaula. No centro da jaula, uma escada e sobre ela, um cacho de bananas. Quando um macaco subia a escada para apanhar as bananas, os cientistas lançavam um jato de água fria nos que estavam no chão.

Depois de certo tempo, quando um macaco ia subir a escada, os outros o enchiam de pancadas.

Passado mais algum tempo, nenhum macaco subia mais a escada, apesar da tentação das bananas. Então, os cientistas substituíram um dos cinco macacos. A primeira coisa que ele fez, foi subir a escada, sendo rapidamente retirado pelos outros e espancado. Depois de algumas surras, o novo integrante do grupo não procurava mais subir a escada. Um segundo foi substituído e o mesmo ocorreu. Tendo o primeiro substituto participado, com entusiasmo, da surra ao novato.

Um terceiro foi trocado e repetiu-se o fato. Um quarto, e finalmente, o último dos veteranos foi substituído. Novamente, os cientistas ficaram com um grupo de cinco macacos, que mesmo, nunca tendo tomado um banho frio, continuavam batendo naquele que tentasse chegar nas bananas. Se fosse possível perguntar a algum deles, porque batiam em quem tentasse subir a escada, com certeza a resposta seria: “Não sei, as coisas sempre foram assim por aqui”.

Para que uma vez ou outra, questionem-se, por que algumas coisas continuam exatamente como sempre foram.

“Quem quer fazer alguma coisa, encontra um meio. Quem não quer fazer nada, encontra uma desculpa.”
… pense nisso.

Todos sabem os desastres que as chuvas causaram na região serrana do Rio de Janeiro, infelizmente muitas vidas foram perdidas, mas tem gente que sobreviveu e não tem mais nada, eles estão até com falta de água, então já passou da hora de cada um ajudar da forma que puder, vamos mostrar que somos um povo solidário, afinal isso poderia ter acontecido com qualquer um de nós.

Eu pensei em fazer uma postagem sobre o que aconteceu, mas achei desnecessário, afinal todos sabem o que aconteceu. Está na televisão mostrando o tempo todo a dor das pessoas que estão lá e o desespero de que a chuva volte a acontecer, realmente é algo triste e desolador, então que tiver um tempinho por favor ajude.

Quer saber como ajudar e onde levar suas doações? Clique aqui

É incrivel o que o Natal faz com as pessoas, é uma data que muda as pessoas, as pessoas mais felizes, mais caridosas, tudo bem que atualmente o Natal, ou melhor, o pré Natal atualmente é meio estressante, são pessoas correndo pelas ruas apressadas a procura dos presentes de ultima hora, muitas vezes o presente dado por má vontade à alguem que foi tirado no amigo oculto e que você não queria tirar. Mas o Natal é sempre uma data tocante, não sei se são as propagandas e musicas natalinas, ou a figura do papai noel, um velhinho que em uma noite se preocupa em entregar os presentes de todas as crianças. Mas de uma forma ou outra o Natal emociona a muita gente, talvez seja a proximidade da virada de ano, onde todas as esperanças são renovadas, mas de fato, não tem como não passar o ano pela espera do Natal, mesmo que essa espera seja só para ganhar um presente bem legal.

Cada um comemora o Natal de um jeito, alguns reune os parentes, outros vão na casa de amigos, alguns fazem amigo oculto, outros inimigo oculto, sempre com alguma coisa diferente.

O meu Natal é comemorado na casa da minha avó em Copacabana, assim que a gente chega na casa dela (onde passamos um periodo antes do Natal) a arvore de natal é montada e a partir daí os presentes que compramos é colocado debaixo dela, a arvore é toda enfeitada com bolas, pisca-pisca, a estrela na ponta e umas correntes nela, o diferencial dessa árvore e eu não sei da onde veio isso são os chocolate e balas que são presos nela, eu me lembro que quando eu era mais nova e os chocolates eram colocados logo que a árvore era montada, no dia do Natal só tinha chocolate ainda porque meus avós compravam mais para repor, a gente então pegava alguns chocolates e colocava na varanda para o papai noel comer, eu adorava essa noite magica.

Hoje em dia colocamos os chocolates apenas no ultimo dia, para garantir que no dia 25 ainda tenha algum chocolate na árvore. Os chocolates também mudaram, na minha época eram uns guardachuvas de chocolate, hoje em dia á batom, tortuguita, MM’s e outros assim.

minha arvore de natal

De noite minha mãe e minha avó montam a mesa de jantar, sempre cheia de comida, tem bacalhau, carne de porco, tender, lombo, além de alguma coisa para eu comer, pois como vegetariana não como nada disso, como sou vegetariana à pouco tempo (uns 5 ou 6 anos) ainda não tem nada que me seja fixo, cada ano é um prato diferente para mim.

Tem também a sobremesa, que geralmente temos a variedade entre pudim, sorvete, panetone, chocotone, gelatina e rabanada. A minha favorita é uma gelatina que é feita com guaraná, fica muito gostosa, vou ver se pego a receita e coloco aqui para vocês.

Após todos comerem e beberem, vamos para a sala onde está a árvore e os presentes e fazemos a troca dos presentes, como meu sobrinho é a única criança e adora dar presentes a gente deixa ele entregar os presentes de todos, apenas indicando para ele para quem deve entregar cada presente.

No dia 25 fazemos almoçamos todos juntos, o cardapio é o mesmo do jantar do dia anterior e cada um depois é livre para fazer o que quiser, como tudo se encontra fechado, eu geralmente me preparo anteriormente alugando filmes ou pegando seriados na internet.

Bem, é assim que eu comemoro o Natal e vocês?